CRIAÇÕES | WORKS
PERFORMER
PARCERIAS | PARTNERSHIP
OFICINAS | WORKSHOPS
BIO
CONTATO | CONTACT
HIPERLINK / VIRAGEM (LLL >>>>>
LAPSO
LAPSO - PONTO ZERO
IMATERIAL
GOTAS
ORÁCULO
ORGANÓIDES
BODIES IN THE URBAN SPACES
IMPRENSA | PRESS
ESTUDOS PARA CLARABÓIA
WELCOME TO THE MACHINE
HEINER MÜLLUER EM REPERTÓRIO
PEDRA BRANCA
A BELA ADORMECIDA
CHAIR | PILLOW
LA DESAPARICIÓN (ENSAIOS)
TEMPORAL
ENTRE
DEUS LHE PAGUE
PARA QUE SERVEM AS ESTRELAS?
ALICES
AULAS DE DANÇA
OFICINA - TEMPO E DISTORÇÕES
OFICINA - DESCONSTRUÇÃO ACROBÁTICA
E CRIAÇÃO EM DANÇA AÉREA
CAIXA BRANCA
DESLOCALOCA
AULAS DE CIRCO E CRIAÇÃO
CIRCO | CIRCUS
SAMSARA
RISCOS
SE ELES TÊM TRÊS CARROS
NÚMERO FICTÍCIO
OUTROS | OTHERS
AGENDA
MIRANTE DAS ARTES
MIRANTE DA DANÇA
DANCE TRIP
CÍRCULOS E VACAS
Sou artista da dança.

Nasci em Botucatu/SP e vivi até os 13 anos em um hospital psiquiátrico - pois meu pai trabalhava lá. Era uma área rural que hoje está tomada de cidade. Na adolescência fazia balé, dança flamenca, teatro e andava de skate. Não cabia muito em mim. Me formei em dança na Unicamp onde participei, como bailarina, de uma pesquisa incrível com físicos quânticos e professores da matemática. Trabalhei com artistas inspiradores e me envolvi também com o universo do circo. Continuei andando de skate.

Sou apaixonada por culturas alternativas e, através delas e de seus saberes, junto com a dança e o circo, tive o privilégio de poder viajar por diversos países compartilhando conhecimentos, assistindo espetáculos, participando de festivais, passando perrengues, dançando, dançando e dançando.

Me intriga o movimento em sua forma mais primordial e com esse foco eu estudei na Trinity Laban Conservatoire of Music and Dance em Londres, UK. Também estudei, informalmente, danças étnicas de povos ancestrais. Muitas vezes junto com eles. Participei de uma residência na Turquia, no espaço ÇATI Çağdaş Dans em Istambul, onde desenvolvi um espetáculo solo. Apresentei trabalhos em três edições do Boom Festival em Portugal. Em uma peregrinação, dancei em um banco de areia no meio do rio Yamuna, numa cerimônia de Puja (adoração) na cidade de Vrindavan na Índia. Dancei também com um grupo folclórico de Mayur Nritya em Mathura, Utthar Pradesh na Índia. Moí argan com mulheres Bèrberes e improvisei uma dança no deserto do Saara. Fui proibida de fazer uma saudação ao Sol no Templo de Inti, em Machu Picchu.
Apresentei trabalhos no Peru, na Espanha, no Chile e em muitas, mas muitas cidades do Brasil, incluindo ruas, fazendas, comunidades quilombolas, favelas e aldeias indígenas.

Minhas criações e minha prática pedagógica são atravessadas por todas essas confluências que me habitam. Aparece ali, meu interesse pela coreografia e toda sua potencialidade - seus desdobramentos através do tempo, o jogo, o risco, a musicalidade, a ética e a poesia.

Retornei para Botucatu ao me tornar mãe, onde vivo hoje em uma comunidade rural.
Aqui sigo com meu trabalho solo e com o Maya-Lila, grupo do qual faço parte desde 2003. Também co-habito e gestiono o centro cultural Mirante das Artes, um espaço de insistência, afirmação e acolhimento.

PRÊMIOS e EDITAIS / GRANTS

2017 - ProAc-38 Território das Artes
2015 - Funarte Dança Klauss Vianna - Circulação Nacional de Espetáculos; ProAc-38/Território das Artes
2013 - ProAc-07 - Montagem e Produção de Espetáculos
2011 - Funarte Reflexão Crítica e Produção Cultural para Internet; Prêmio de Incentivo à Produção Artística de Botucatu/SP
2010 - Prêmio de Incentivo à Produção Artística de Botucatu/SP
2008 - Prêmio de Incentivo à Produção Artística de Botucatu/SP
2007 - Prêmio Estímulo no Festival de Dança de Londrina/PR; Prêmio de melhor coreógrafa no Festival de Dança de Rio das Ostras/RJ
CAIXA PORTAL
OFICINA MONTAGEM - MANIFESTO DOS SERES
RESIDÊNCIAS / RESIDENCES

2018 - Coletivo Ímã - residência e montagem em parceria com os artistas Bruno Kurru e Caio Bonvenuto durante a mostra Mirante da Dança em Botucatu/SP
2016 - Manifesto dos Seres / Maya-Lila - residência e montagem durante a mostra Mirante da Dança em Botucatu/SP.
2015 - Cie Willi Dorner/Austria - durante a Bienal Sesc de Dança em Campinas/SP.
2014 - Çati Çagdas Dans - residência em Istambul/Turquia em conjunto com o músico Serhan Berberoglu.
2013 - Estudos para Clarabóia - Orientação de Morena Nascimento e Andreia Yonashiro. Fomento a Dança de São Paulo e produção do Sesc Belenzinho; Correndo Riscos, investigações em circo contemporâneo - residência com Rob Tannion durante o Festival Sesc de Circo, no Sesc Consolação/SP.
2012 - Estudos Compartilhados - residência no Estúdio Nave, com orientação de Adriane Grechi.
2009 - Chair/Pillow - residência com Ivonne Rainer/USA. no Sesc Pinheiros/SP.
2008 - Corpo Instalação - residência com Fábio Mazzoni e Sandro Borelli. Sesc Pompéia/SP.
I'm a dance artist.

I was born in Botucatu / SP and lived until I was 13 years old in a psychiatric hospital - because my father worked there. It was a rural area that is today taken from city. As a teenager I did ballet, flamenco, theater and skateboarding. I didn't fit much in me. I have a dance degree at Unicamp, where I participated, as a dancer, in an amazing research with quantum physicists and math teachers. I worked with inspiring artists and also got involved with the circus universe. I kept skateboarding.

I am passionate about alternative cultures and, through them and their knowledge, along with dance and circus, I had the privilege of being able to travel around the world sharing knowledge, watching shows, participating in festivals, being in difficult situations, dancing, dancing and dancing.
 
The movement intrigues me in its most primordial form and with this focus, I studied at Trinity Laban Conservatoire of Music and Dance in London, UK. I also informally studied ethnic dances of ancestral people. Often along with them. I attended a residency in Turkey at the Çati Çağdaş Dans space in Istanbul, where I developed a solo show. I presented works in three editions of the Boom Festival in Portugal. On a pilgrimage, I danced on a sandbar in the middle of the Yamuna River at a Puja (worship) ceremony in the city of Vrindavan in India. I also danced with a folk group from Mayur Nritya in Mathura, Utthar Pradesh in India. I ground argan with Berber women and improvised a dance in the Sahara desert. I was forbidden to salute the Sun at the Inti Temple in Machu Picchu.
I have presented works in Peru, Spain, Chile, and many, but many, cities in Brazil, including streets, farms, quilombola communities, "favelas", and indigenous villages.

My creations and my pedagogical practice are crossed by all these confluences that inhabit me. There appears my interest in choreography and all its potentiality - its unfolding through time, the game, the risk, the musicality, the ethics and the poetry.

I returned to Botucatu when I became a mother, where I live today in a rural community.
Here I follow with my solo work and with Maya-Lila , a group I have been part of since 2003. I also co-habitate and manage the cultural center Mirante das Artes , a space of insistence, affirmation and refuge.